Angels Surf School - Plano de Contingência Covid 19
Plano Contingência COVID-19
Setembro 21, 2020
Mostrar tudo

Surf: remédio para a ansiedade | Por Marcos Anastácio

Surf - Remédio para a ansiedade; Por Marcos Anastácio

Marcos Anastácio, ex-campeão nacional de surf e fundador da Angels Surf School, conta-nos a sua história com a Ansiedade e recomenda surf como ansiolítico.

 

Neste momento já devem estar a pensar, que diarreia verbal vai este gajo para aqui escrever, prometo que é coisa boa, coisa saudável com pés e cabeças, com provas dadas na minha modesta e simples vida. Escrevo para todos, como se costuma dizer na gíria da saudosa da feira de Carcavelos “É PARA A MENINA E PARA O MENINO.”

Nunca fui um grande competidor, apesar de ter sido campeão nacional, em mil troca o passo ,a minha estratégia foi surfar sempre. Nunca tive grandes estratégias, a minha cena sempre foi fazer surf, umas vezes dava outra vezes não dava, era a vida, mas na minha carreira sempre fui acompanhado por uma ansiedade que aumentou drasticamente à medida que ia ficando mais conhecido no surf nacional, e quem sabe internacional. Não se esqueçam que nesta altura o surf era uma cena pequena, ainda não havia Instagram nem influencers.

Provavelmente esta Ansiedade era paralela aos outros competidores (eles que se acusem), que moldava o meu cérebro em várias alturas de várias formas e feitios, ou porque sabia que o mar ia estar grande e não era bem a minha cena, e continua a não ser, ou ainda saber que na noite anterior de um campeonato ia ter um heat no dia seguinte com os pesos pesados na altura.

Recordo numa etapa do circuito europeu (EPSA) em Tapia de Casariego, fui dormir acompanhado de um livro, nunca mais vou esquecer do titulo: “Paris já está a arder”. Deparo-me então com a palavra “verosímil”, ainda agora tenho medo de pensar nela, fiquei toda a noite a pensar nela, tinha dificuldade em soletrar. Estava sempre a acender a luz para ler vezes sem conta a mesma palavra, não dormi toda a noite, será escusado dizer que no dia seguinte perdi logo de cansaço de não ter pregado o olho toda a noite.

Depois de todos estes anos passados, e dos meus altos dos 48 anos, posso afirmar que naquela remota noite de Tapia fui atacado por um fulminante ataque de ansiedade, perdi antes de entrar na água, perdi para as minhas Incertezas e Inseguranças segundo os doutores do comportamento.
Surf: remédio para a ansiedade

O pior é que esta ansiedade vai e vem muitas vezes, é transversal durante a nossa vida. Nunca fui gajo de tomar ansiolíticos, sempre tive medo de drogas, rapidamente tive de criar técnicas bastante simples para afastar o sofrer antes das coisas acontecerem. Devem estar a pensar que fui fazer Coaching com um amigo que ficou desempregado e que ressuscitou com a palavra Coaching, ou ainda com o movimento de energias feito por uma divorciada que é sustentada por um ex-marido que está em Angola e de quem tem uma catrefada de filhos – a cura estava mesmo ao meu lado.

A cura estava mesmo ao meu lado: Surf, mas o surf pela pura diversão e feeling. Fazer muito surf. Quando entramos na água acompanhados pela nossa menina e desfrutamos do mar, criamos um escudo contra a ansiedade, deixamos de sofrer pela incerteza e vivemos o momento. Mesmo quando não estão na água e são invadidos pela senhora ansiedade, pratiquem o seguinte exercício: pensem na palavra mágica “surf”, nas vossas experiências e emoções tiradas pelo mesmo, sonhem com tubos cristalinos, dias perfeitos, manobras novas, o barulho, a cor e cheiro das ondas. Para a malta mais paparuca, pensem em cortar o verde, conhecer novos picos, como safar da corrente. Mas nunca parem de pensar em surf, vão ver que rapidamente a ansiedade vos abandona para e chatear os cornos a outro.

Façam o exercício muitas vezes, e vejam se não funciona! Façam um favor a vossa saúde mental: SURF, SURF, SURF…MUITO SURF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *